22/Fevereiro – LINGUAGENS DO AMOR

“Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição. E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.” 1Cronicas 4:9-10.

A oração de Jabez é especial. Ela é uma oração profética. Não é uma fórmula mágica e nem deve ser a única oração a ser feita por nós, mas essa oração certamente contém verdades espirituais que nos habilitam a viver milagres em nossas vidas e nas nossas famílias.

Que me abençoes. Esse foi o primeiro pedido de Jabez.  A palavra abençoar no sentido bíblico significa conceder favor sobrenatural. Não tenha medo de falar com Deus e pedir a benção Dele sobre sua vida e sua casa. Você serve o Deus que abençoa.

Que me alargues as fronteiras. Jabez faz também essa petição ao Senhor. Que homem de visão espiritual e profética! Ele clamou pedindo que Deus abençoasse a sua porção de terra, seu trabalho. Ele pede em favor da sua vida profissional porque acreditava que somente Deus poderia suprir a sua mesa e a sua família.

Que sejas comigo a tua mão. Jabez entendeu que não poderia ser bem-sucedido sem a mão do Senhor sobre ele. A mão do Senhor é poderosa. No Antigo Testamento a “mão de Deus” representava seu poder, sua presença e sua provisão a seu povo. Costumo sempre dizer que a mão de Deus alcança onde a nossa mão não alcança. Ela tem todo o poder de agir em favor da nossa casa onde já não conseguimos mais alcançar a vitória.

Que me preserves do mal. Esse quarto pedido de Jabez nos mostra que só Deus pode guardar as nossas vidas e nossa família contra o mal. Diariamente somos tentados pelo adversário e precisamos do poder de Deus para não cairmos em tentação. Nossa casa só se manterá firme contra as ciladas do inimigo com a presença de Deus nela. Não somos fortes sem Deus para combater o mal. Mas, quando clamamos Ele defende nossa casa e nos livra da queda.

Miss. Cibele Ribeiro – Igreja Tabernáculo de Deus